Criado em 25 de Dezembro de 1985, a Associação FIDES – Orfeão de Valbom, tem desenvolvido uma atividade cultural constante, não só na música, mas também na poesia, no bailado, nas artes plásticas, teatro, rádio, desporto (basquetebol), entre outras.

O grupo coral foi a razão do nascimento da Associação “Coral Fides – Orfeão de Valbom”. É composto por elementos de ambos os sexos, com profissões muito diversificadas.

Foi seu fundador o Maestro Victor Bertocchini, que o dirigiu cerca de 20 anos.

Além dos vários recitais e concertos realizados em vários pontos do país, desde o Minho ao Algarve, passando pela ilha da Madeira, mais recentemente em Évora, por terras de Espanha e na R.T.P.. Tem colaborado diretamente com os Agrupamentos de Escolas do Concelho, Associações de vários fins, organismos oficiais, concelhios e nacionais.

Em 1990 gravou o seu 1.º LP e em 1996 um CD “Gondomar em Canto” em conjunto com os Orfeões de Gondomar e Rio Tinto, patrocinado pela Câmara Municipal de Gondomar.

Participou, ainda, na gravação do CD duplo da Colectânea “Os melhores Coros Amadores da Região” – Grande Porto.

Organizou o 2.º Encontro de Música Coral de Gondomar, cantou para Sua Ex.ª o Presidente da República Dr. Mário Soares, aquando da sua passagem pelo Concelho de Gondomar.

Apresentou, em parceria, com o Grupo Coral Didáxis (2011 e 2012), uma Gala Lírica, na Casa das Artes de Famalicão e na Escola Dramática e Musical Valboense.

Cantou, em parceria, com o Coro S. Tarcísio, o Requiem de Fauré (2013) e o Stabat Mater (2014) de Karl Jenkins, na Igreja Matriz de Valbom e na Igreja de Santo António das Antas (Porto).

Em 2016, e volvidos cinquenta anos após a estreia do filme The Sound of Music, de Robert Wise, que valeu a segunda nomeação para um Óscar a Julie Andrews, o FIDES, apresentou-se em palco (Coral e Classe de Ballet), homenageando as peças imortais do filme, compostas por Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II, na Escola Dramática e Musical Valboense e no Auditório Municipal de Gondomar.

Em 2017, em parceria com o CPA (Coro de Pais e Amigos) da AMAP (Academia de Música e Artes do Padrão), de Rebordosa, apresentou a Messe Breve, de Léo Delibes, na Igreja Nova de Rebordosa.

É um dos sócios fundadores da FENAMCOR – Federação Nacional Movimento Coral.

É responsável pela organização do “CORAIS NA FESTA“ – Encontro Internacional de Corais, integrado nas Festas do Concelho de Gondomar.

A Direção Musical está a cargo dos Professores: Irma Amado e José Paulo Freitas.[:en]

O Grupo Coral FIDES foi criado no Natal de 1985, muito tempo antes de ser criada a Associação.  Nesse tempo, foi primeiro conhecido pelo Coro do Centro.  Começou por animar as missas do Centro Nun’Alvares, tendo vivido os conturbados tempos do encerramento do edifício do Centro Nun’Alvares, com a passagem da missa por diversos locais, incluindo o coberto da Fábrica de Móveis Giesta, até se fixar definitivamente no sítio que é hoje o Centro Social e Cultural de Valbom.

Entretanto, participou de diversos cortejos que foram sendo criados para arranjar dinheiro para as obras do Centro Novo.

Decidiu, então, refundar-se como Associação Cultural, permitindo ter um repertório mais profano, que permitisse actuar fora do âmbito restrito das igrejas. O coro adulto foi a razão do nascimento, em 1985, da Associação “Coral Fides-Orfeão de Valbom”, e o seu elemento preponderante. É composto por elementos de ambos os sexos, com profissões muito diversificadas.

Foi seu fundador o Maestro Victor Bertocchini, que o dirigiu cerca de 20 anos.

Além dos vários recitais e concertos realizados em vários pontos do país, desde o Minho ao Algarve, também por terras de Espanha e na R.T.P., tem dado a sua colaboração a escolas, associações de vários fins, organismos oficiais, etc.

Gravou o seu 1.º LP em 1990. Gravou um CD em 1996, “Gondomar em Canto” em conjunto com os Orfeões de Gondomar e Rio Tinto, patrocinado pela Câmara Municipal de Gondomar.

Participou recentemente na gravação do CD duplo da Colectânea “Os melhores Coros Amadores da Região” – Grande Porto.

O seu repertório é bastante diversificado, incluindo obras que vão desde o séc. XII até aos nossos dias, focando todo o tipo de música, profano, litúrgico, clássico e moderno, quer “à capella”, quer com acompanhamento instrumental.

Organizou o 2º Encontro de Música Coral de Gondomar, participou em vários encontros de nível nacional e internacional, representou o distrito do Porto num encontro de música no Algarve, fez várias deslocações a Espanha e cantou para Sua Ex.ª o Presidente da República, Dr. Mário Soares, aquando da sua passagem pelo Concelho de Gondomar. Preparou e representou vários Saraus Culturais, com música, bailado, pintura, escultura, poesia e teatro. Apresentou-se nas melhores salas de espectáculos do país (Teatro Rivoli, Auditório Nacional Carlos Alberto, Casino Solverde – Sopete, Teatro da Trindade, Sá de Miranda, Auditório José Vereda, Teatro São Pedro, Teatro Sá da Bandeira e Coliseu do Porto, entre outros). Continua a receber vários convites para estar presente nos mais diversificados encontros, como recentemente esteve em Lamego no dia Mundial Contra o Cancro a convite da Liga Portuguesa Contra o Cancro, participa anualmente nos Corais D’ouro.

É responsável pela organização do “CORAIS NA FESTA” Encontro Internacional de Coros, que se realiza todos os anos no último Sábado de Setembro,integrado nas Festas do Concelho de Gondomar.